Pages

19 de janeiro de 2012

I Find!

Eu em desespero encontro a dor e o punhal,
 aquele que arrancou meu coração
 por um desespero noturno.
 Minhas lágrimas são um sobrepeso 
para a minha partida eterna, 
eu não posso mais te encontrar dor, 
eles estão me vigiando, 
só me prometa, 
que ainda será forte e reluzente.
Hello hello! remember me? Antes, que eu poste a música toda, vou começar logo esse post. Bom eu estive nesses dias, em uma monotonia extrema, quero dizer nas férias não acontece algo de muito divertido, confesso que a vida social do meu irmão que estava de cama está melhor que a minha, pelo menos a namorada dele e ele de meia noite as seis da manhã ficam conversando. E a única relação séria que tenho, é com esse computador, eu estou passando tanto tempo com esse computador, que o único vírus que pode entrar é AIDS, de tanto antivírus que está aqui.
Enfim, o que deixa meu dia bem agitado, é a minha 
enxaqueca com essa obra duzinferno, mas até que barulho anda diminuindo, mas a vontade que tenho é de destruir essa obra com o braço, igual a essa mulher.

   Enfim, além disso o que está acontecendo, é que eu decidi caminhar, não tem nenhum motivo específico, é só pra que essa bunda não esquente mais essa cadeira deliciosa. E enquanto eu caminhava eu me deparei com uma mulher alta, com um ombro bem largo, com um chinelo podre cover da havaianas na Tristeza Cretina, então ela decidiu limpar o pé no boeiro, eu fiquei encarando, com uma cara de "Se seu pé já está sujo, e você coloca no boeiro onde passa merda, ele vai ficar imundo", mas aí ela levantou, olhou pra trás e bateu cabelo horrores, foi aí que vi, que não era uma mulher mas sim, um travesti, aí eu comecei a rir no meio da rua, e aí ela virou pra trás, e ficou me encarando, e como ele era um travesti bitelo, fiquei com medo dele revelar seu lado mano, e tirar uma bomba da meia e enfiar na porca da parafuseta, aí eu fingi que estava rindo do que eu ouvia no fone, ela deu uma virada dígna bateu cabelo e saiu andando.
  Bom, início do ano, só passa coisa podre na TV de madrugada, então quando acaba American Dad eu estou sempre pegando um livro pra ler, e estou passando bastante o tempo, isso talvez me ajude em alguma coisa, quero dizer, é sempre bom ler, mas quando você tem uma vida tão monótona é ótimo, aí já acabei de ler Manual Prático(cheio de erros), outra vez, por falar nisso, aquele assunto de Nárnia, ficou bem polêmico, então só vou postar uma carta escrita por Lewis:
"Por alegoria, entendo uma composição (que ilustrada quer literária) em que as realidades imateriais são representadas como objetos fictícios físicos, por exemplo... em Bunian, um gigante representa o desespero. Caso Aslam representasse o Deus imaterial da mesma forma que o gigante representa Desespero, ele seria uma figura alegórica. Todavia, na realidade, ele é uma invenção que dá a resposta imaginária a pergunta "Em que Cristo poderia transformar-se se houvesse realmente uma terra como Nárnia e Ele optasse por encarnar, morrer e ressuscitar novamente nesse mundo, como ele realmente fizera no NOSSO?" Esse tratamento não tem nada a ver com alegoria." Se você não acredita nisso, é porque conhece apenas respectivos teólogos que leram Nárnia, não fãs de Nárnia, e Lewis."
  Enfim, eu queria postar tudo o que pretendia escrever, mas estou com uma preguiça enorme. Então beijo no tóba destinado a todos.

Reações:

7 comentários:

  1. Nossa, tu sai de casa e vê um traveco lavando o pé no bueiro, meu Deus, que lugar é esse? o.O
    Melhor ficar lendo livro mesmo, mas quando eu fico assim eu alugo mil filmes e pronto, estou ocupado. ;D

    ResponderExcluir
  2. AUSHASUHASUHSUHAS
    q tenso mano, suas férias tão tendo mta história pra contar pelo menos asuaushauhahas
    a minha tbm tava uma monotonia dos inferno..ate q essa semana começamos com uma maratona de fim de ferias pq todo mundo se assustou com o dia q começa a aula: 1 de fevereiro. LOL

    ResponderExcluir
  3. hauaheuheuehuehaeueeau morri com a parte do travesti ehueahueahuaeh

    a parte sobre Nárnia é bastante esclarecedora, mas acho que comparações são inevitáveis...bom, pelo menos pra mim, que AINDA não me tornei fã de Nárnia, mas que já gosto bastante

    ResponderExcluir
  4. Não Matti, mas comparações tem sim, mas não o torna Jesus, assim como tem comparações há também contradições ^^
    .
    @Gabz shuahsua maratona?
    .
    @Peedro ashusuahsuha' se chama tristeza cretina, ou tereza cristina, realmente é melhor, mas tenho que emagrecer querida.

    ResponderExcluir
  5. nossa nem comenteei o versinho do começo :P
    lindo, deve continuar escrevendo!

    ResponderExcluir
  6. É incrível como o Manual troca os nomes dos personagens...

    ResponderExcluir
  7. O mais tenso é quando descobrimos que o Eustáquio esteve do lado da feiticeira.

    ResponderExcluir

O Bacon do Stewie recebe com prazer seu comentário, qualquer conteúdo spam, ofensas quais são usadas para caluniar alguém ou alguma religião, crítica sem argumentos, e palavras ociosas, serão deletados.

◘ Qualquer tipo de comentário indevido, ofendendo ao autor da postagem, ou alguém de forma muito indevida, o autor do comentário será banido perpetuamente do blog.