Pages

29 de maio de 2013

There's Nothing Better Than Home

Oi, oi gente! Espero que ninguém reclame de eu não ter atualizado semanalmente o blog a não ser que queira se sentir esmagado pela minha anca de senhora - espero que meu primo não visite o meu blog. Sem prolongar muito esse lixo, eu só vim pra falar da minha vida. Planejei esse post há semanas e até agora não tive tempo, paciência, disponibilidade ou vontade de escrever. Mas whatever... E lá vamos nós:

Para começar eu vou falar do que é mais recente e importante. Não sei se vocês sabem mas dia 25 é o dia da evangelização global. Teve muita gente que se moveu pra fazer algo legal e bem bolado para honrar o name de Jesus. Aqui em BH teve um pessoal que ficou na frente do Itaú Power Shopping fazendo coisas bem legais e com a primícia de evangelizar(que significa levar boas novas). Teve gente fazendo coisas pelo Brasil inteiro, teve até a Marcha Pra Jesus no Rio de Janeiro. Não sei quanto a Marcha Para Jesus, mas sei que teve muita gente movida por esse pessoal. Não quero a glória de vocês/lixa então vou guardar para mim o que fiz, mas espero que vocês tenham feito alguma coisa, caso não, a chance ainda está aí. Get it!

Bom, fora isso eu fui convidado a tocar em dois casamentos. O primeiro eu vou tocar ainda nesse sábado, e fui convidado em meados de janeiro. Já o segundo, eu fui convidado 1º de maio pra tocar no dia 18 e como vocês devem imaginar, tudo ficou em cima da hora. Não estou culpando a causa, afinal não tenho esse direito por não estar a par do contexto. Porém, estou reclamando do efeito. As músicas ficaram uma bagunça, além de decidirmos a setlist uma semana antes do casamento e ensaiarmos apenas duas vezes pra tocar. E no resultado, todas as músicas ficaram uma bagunça, com exceção de nenhuma - quer dizer, teve os solos que nós, o instrumental, já tocávamos há tempos. Todo mundo tava inseguro, e resultou no que resultou. E a pior parte é que quem passa vergonha somos nós, e quem ta lá embaixo não sabe de nada. Entretanto, foi uma experiência... Divertida.

Na volta do casamento, nós estávamos em Venda Nova; o fim do mundo; onde Judas perdeu a bola esquerda. Estávamos do lado de onde eu nunca ouvi falar e próximos de onde eu não conheço, num lugar que me recuso tentar lembrar o nome, mas parecia com "Marijuana". E para chegarmos em casa tínhamos três opções: "Ficar na festa até três da manhã para sairmos de lá e chegarmos em casa 3 horas mais tarde ou dormirmos lá e chegar em casa meio dia", "pegar um ônibus até o centro e de lá pegarmos um outro para chegarmos em casa" ou "oferecer nosso corpo em troca de uma carona". Mas como estávamos bêbados de sono e com o músculo da perna mais que dolorido, decidimos pegar o ônibus até o centro, mas nem isso aquele lugar oferecia. Tivemos que pegar um ônibus até a estação do metro - que não, não estava funcionando, claro - pegar um ônibus para o centro e irmos para casa. Porém, o ônibus que nos levava até o centro, nos levava sete quarteirões antes do ponto de ônibus - e isso umas duas horas da manhã. Então nós seguimos o caminho, passamos perto do pessoal construindo as barracas da feira hippie, e chegamos até o ponto de ônibus. Nessa trajetória do centro, nós fomos acompanhados por alguns ratossauros que muito gentis, esperaram o ônibus chegar para irem embora. E FINALMENTE chegamos em casa. Quer dizer, eu e meu irmão, o cara do violão deve ter chegado uns minutos depois, e o do saxofone algumas horas(ele morava um pouco mais distante, e estava acidentado no joelho).

Além disso, na quinta feira passada, foi aniversário da Escola Estadual Ordem e Progresso, que meus irmãos estudam lá desde sei lá quando. Eu fui convidado para recitar uma poesia e tocar teclado com um pessoal. Foi uma experiência bem divertida. Mesmo ninguém conseguindo me entender bem - não era por causa da altura da minha voz, acreditem, era por causa do microfone - eu me sentia fazendo algo que me agradava por completo. Foi bem legal, li o poema toquei My Immortal, e voltei pra casa. Depois de ter feito o almoço mais corrido da minha vida, fui para o centro fazer um trabalho do PIBID onde eu teria que ir em cinco pontos turísticos de Belo Horizonte, com 5 pessoas e fazer um documentário sobre estes lugares. Andei mais do que Luísa Marilac pra ser refugiada na Espanha, e voltei pra casa de metrô e depois um ônibus.

Além disso, o Salem ta precisando de uma ajudinha, não sei se ainda dá, mas no mais é só vocês clicarem nesse link aqui. Depois que carregar podem fechar. Não se preocupem seu computador não vai virar do avesso e exorcizar você.

Prometo pra vocês que depois desse mês tão cansativo eu vou tentar atualizar com um pouco mais de frequência. Mas a culpa não foi minha - foi da Rita *me matando em 3,2,1 - então me perdoem, e mim amem eu. Beijunda até segunda!

Reações:

17 comentários:

  1. HAIHAIHAI! EStou aqueeee, bom te ver atualizar. Melhor ainda vai ser quando eu atualizar o SFSG no dia da Coragem Suprema (37 de dezembro).

    Sobre o casamento e vc ter tocado: legal é que a gente passa vergonha por nossos próprios erros, pq a maioria das pessoas lá de baixo ouvindo tão achando aquilo tudo uma maravilha e não ouviram erro algum UHAEUEHAUEAHE

    E essa imagem, é pra representar o lugar onde vcs estavam? UAEHUEAHUEAHE. Pretty dramatic, mas eu imagino a situação.

    Ah, e teve um carinha que tocou Saxofono é? Que instrumento é esse? Arruma lá UAHEUEAHUAE

    eeeeeeeei vc nao me disse q poema recitou e nem q musica tocou, pelo menos me fale em private no facebook U_U. Pera, tem um link alí. LACUNA BRILHANTE *____________*, e My immortal *-----* i wish i could see it.

    tim amo, beigos

    ResponderExcluir
  2. @Ana: Corrida é sua mãe! Minha vida é organizada, fina e divina.

    @Vaskz: Se você não atualizar esse blog eu vou descer aí no morro e te dar 7 tiros no útero.

    Na verdade na hora da marcha teve gente que até riu do sax, believe it. Mas no mais foi drama mesmo, as outras músicas ficaram legaizinhas.

    Saxofono é um instrumento celta que leva um toque rústico de um tom contraltado com uma medida exata de tonalização, sobre qual emerge uma altura inex... Parei.(Really, I'm drunk)Kiss my ass

    ResponderExcluir
  3. My Immortal é divina mas me faz chorar :(
    A desgraça de cantar nesse casamento vai ser história pra rir contar pro filhos no futuro.
    Agora sobre a evangelização nem to por dentro do assunto

    ResponderExcluir
  4. Drama queen! Que bom que você fez algo no dia da evangelização. Nem tava sabendo disso... Espero que a experiência de recitar um poema tenha sido proveitosa, talvez tenha enfatizado sua vocação. E sorte com o casamento que já até passou, né?! Oksapokpaos Anyway, espero que tudo dê certo aí e que muitos casamentos (organizados) venham por aí. Abraço, Stewie! Sdds, cafetão

    ResponderExcluir
  5. @MaVi(Anônimo): Quanto mais rápido eu esquecer disso melhor.

    @GuGa: Drama queen só não fui assaltado estuprado e jogado na BR porque tinha outras pessoas comigo. Ta pensando o que? Que trava é bagunça?! Vou muito boa sim a experiência, e creio que enfatizou BASTANTE minha vocação. Sdds de ti também biscate. Sambei no último casamento, mas tava quase me vendendo por um prato de comida.

    ResponderExcluir
  6. Porque não foi oferecendo seu corpo até chegar aqui?...
    Quem conseguiu ouvir gostou do poema? Eu amei!

    ResponderExcluir
  7. AI STEWIE! SEU IXCROWTO! Meus olhos nem acreditaram no que leram kkkkkkkk' Duvido que aconteceu isso tudo. Deve que você podia ficar na festa e sair quando quisesse, e sua casa era há dois pés dali. Dramático. "Don't go crying to ur mama 'cuz u're on ur own in the real world". kkk zoera, já passei por essas nas festas avulsas de quinze anos na época das putaria. Mas que bom que chegou em casa sem ser estuprado involuntariamente.
    AMEI O POEMA TAMBÉM! Quero um pra mim, hein?! Cheio de amor abraço carinho e bacon. Bjz <3 Amo-te, Stewie

    ResponderExcluir
  8. HAHAHA! Que bom que você já passou daquela fase, Vini! É bom te ver bem... Quem sabe isso de tocar em casamentos vire um hobby e não precise ficar se matando pra trabalhar?

    ResponderExcluir
  9. @Denieel: Você pensa que não cogitei na ideia? Só que tava com a perna mais que destruída... Se não essa hora já ia estar na vida de cafetão da Europa.

    @Lara Cróféet: Ixcrowto nada. Não sabe o que passei, fiquei uma semana abalada sem sair da cama - pasmem. Dramática é você, bjz -sqn.
    Um dia farei... Agora vou ouvir "Ain't it fun" because of u.

    @Matheus Bate Cabelo Também: Pois é! E foi tão rápido... Te falei que não tou mais na terapia?... Meu medo é que quem toca em casamento sempre vai em domingos e sábados, e isso iria acabar com qualquer resquício de vida social - mesmo não sendo lá alguma merda(saio uma vez por ano pra encontrar com os amigos da internet EAHHAUE)

    ResponderExcluir
  10. Já seguindo e curtindo!!!
    Bjus mil

    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkkkkkk que ida tenso hein. Deve ja estar preparado pra correr a maratona depois dessa loooonga caminhada. Gostei do modo como voce escreve. è divertido e nao fica cansativo.

    http://restritospensamentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. @Liny: Valeu! É tão legal achar gente que tem blog, e raro. Mas não poste links nos comentários, mocinha. Vou deixar esse passar xD Bjz

    @Eddye: EAUHEA pra você ver. Obrigado, eu ainda não consigo ler direito o que escrevo porque não gosto. Mas é bom achar pessoas que conseguem gostar... disso.
    E o mesmo quanto aos links. Vou deixar passar dessa vez, mas não o faça de novo :D

    ResponderExcluir
  13. UHEAWHUEAUHW Gostei muito do seu blog cara hahahahaha. O jeito que você escreve é demais. Como disse o amigo ali em cima "é divertido e não fica cansativo." Vou voltar mais vezes aqui, óbvio! HUEAWHUEAUW

    Raí ~ http://raiwrites.com

    ResponderExcluir
  14. @Raí: Valeu cara :D:D
    Volta sim, agora vou ver se posto um vídeo esses dias, aí tu já ta convidado a ver.

    ResponderExcluir
  15. Seu mês foi muito agitado!
    Haja energia menino! Rsrsrs


    Tecido Doce

    ResponderExcluir

O Bacon do Stewie recebe com prazer seu comentário, qualquer conteúdo spam, ofensas quais são usadas para caluniar alguém ou alguma religião, crítica sem argumentos, e palavras ociosas, serão deletados.

◘ Qualquer tipo de comentário indevido, ofendendo ao autor da postagem, ou alguém de forma muito indevida, o autor do comentário será banido perpetuamente do blog.